© 2017 por Vinicius Capelli.

  • Facebook - Grey Circle
  • LinkedIn - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle

Buchas de Bomba

Com o objetivo de proteger o eixo do desgaste devido à selagem e substituindo as buchas em SAE 1045 revestidas com metalização, as buchas em Carbeto de Tungstênio Sinterizado tem ótimo desempenho quanto a abrasão e erosão devido à sua dureza superior a 92 HRA. 

 

Além da bucha em material maciço Carbeto de Tungstênio, a Tungstek do Brasil também oferece uma opção de revestimento do material convencional com Manta ou solda em Carbeto de Tungstênio, que diminui o peso da peça e pode oferecer, além de uma superfície sem rugosidade, dureza >72 HRC, com revestimentos em espessuras entre 1 e 3 mm, ou seja, 10x maior que o revestimento obtido com a metalização.

 

Não só a espessura de revestimento deve ser levada em conta, mas também a adesividade do material duro no material base, já que metalizações possuem adesividades até 10.000 PSI, enquanto soldas possuem 45.000 PSI e a aplicação da Manta em Carbeto de Tungstênio supera os 70.000 PSI. Não adianta aplicar materiais duros às superfícies dos materiais se os mesmos não se adesivarem bem às superfícies das bases, garantindo a "capa" de proteção.